All for Joomla All for Webmasters
Edições
Textos base das normas sobre conservação e uso de água em edificações foram encaminhados para ABNT - Revista Fundações
15362
single,single-post,postid-15362,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,smooth_scroll,,qode-theme-ver-2.2,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive

Textos base das normas sobre conservação e uso de água em edificações foram encaminhados para ABNT

13:10 10 maio in Matérias, Site
Expectativa para liberação é de até 90 dias, seguido de período de consulta estimado em 30 a 60 dias e de mais 30 dias para a publicação
uso de água em edificações

Esta nota é do Sinduscon-SP. A reprodução dela neste site faz parte do clipping da editora Rudder.

Por Enzo Bertolini

Em reunião realizada em abril 2018, a Comissão de Estudos de Conservação de Água em Edificações deliberou e aprovou o encaminhamento dos textos base das normas de “Conservação de água em edificações – diretrizes e procedimentos” e de “Uso de fontes alternativas de água não potável em edificações” à Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para consulta nacional.

A expectativa para liberação pela ABNT é de até 90 dias, seguido de período de consulta estimado em 30 a 60 dias e de mais 30 dias para a publicação.

A comissão entende que a elaboração destas normas é um importante instrumento para o correto planejamento, elaboração de projetos, uso, operação e manutenção de edificações que buscam o correto uso da água. “Além disso, por meio deste trabalho serão regulamentadas também as diretrizes para o uso de fontes alternativas de uso não potável incluindo parâmetros de qualidade da água”, explica a coordenadora técnica do Comitê de Meio Ambiente do SindusCon-SP (Comasp), Lilian Sarrouf,  responsável pelos trabalhos da comissão ao lado da consultora Virginia Sodré.

Desde dezembro de 2016, quando se iniciaram os trabalhos, foram realizadas 16 reuniões com a participação de mais de 100 profissionais representando projetistas, construtores, incorporadores, fabricantes, especialistas em saneamento e recursos hídricos, universidades, entidades de pesquisa e órgãos de governo para contribuir com informações técnicas para a elaboração de legislações e políticas públicas.

Participaram da reunião o gestor do CB-002, Fernando Teixeira, e a secretária do CB-002, Rose de Lima.

Editora Rudder

redacao@revistafundacoes.com.br