All for Joomla All for Webmasters
Edições
Parceria entre GEGEO e TETO promove melhorias geotécnicas em comunidades carentes do Paraná - Revista Fundações
15275
single,single-post,postid-15275,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,smooth_scroll,,qode-theme-ver-2.2,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive

Parceria entre GEGEO e TETO promove melhorias geotécnicas em comunidades carentes do Paraná

11:32 17 abril in Matérias, Site
A execução das diversas obras de baixo custo tem como finalidade desenvolver a qualidade de vida e o ambiente social da população beneficiada
melhorias geotécnicas

Por Dellana Wolney

O GeoProjetos Sociais é um dos projetos de extensão do GEGEO – UFPR (Grupo de Estudos em Geotecnia do Curso de Engenharia Civil da Universidade Federal do Paraná), que tem como intuito aliar o conhecimento técnico-científico proporcionado pela universidade, com as iniciativas sociais dos alunos membros do grupo.

Trata-se de uma extensão beneficente da sala de aula que chega até a sociedade, visando melhorar a qualidade de vida das populações menos favorecidas economicamente. Com a iniciativa, os alunos buscam solucionar problemas geotécnicos, voluntariamente, de determinadas comunidades carentes na região de Curitiba, no Paraná.

O primeiro projeto do GeoProjetos Socais teve início no começo de 2017 e contemplou a construção de uma escada de pneus e britas para melhorar as rotas de passagem dos moradores da comunidade Portelinha, em Curitiba. Após o sucesso da iniciativa, em seguida foi realizado um projeto em parceria com a Organização Não Governamental TETO (TECHO – Um Teto para Meu País) na comunidade Vila Nova, em Colombo (PR). De acordo com a estudante e membro do GEGEO, Carla Vieira, a instituição foi praticamente a porta de entrada para a implantação destas ações na comunidade.

Neste local, o GEGEO planeja a execução de diversas obras de baixo custo, cujo objetivo é a melhoria da qualidade de vida e ambiente social da comunidade. “A maior parte do material destas obras tem vindo de doações. Em parceria com a PANGEA Jr., empresa júnior de geologia da Universidade Federal do Paraná, estamos realizando o mapeamento geológico-geotécnico da região, para identificar os locais mais suscetíveis aos riscos geotécnicos que abrangem, por exemplo, deslizamentos e inundações”, enfatiza.

Engajamento

A iniciativa consiste em realizar levantamentos e buscar soluções para os problemas emergentes, que envolvem a falta de engenharia civil e geotecnia em Vila Nova, que está localizada em um vale cortado por córrego pertencente à Bacia do Rio Atuba. Os principais problemas ambientais que acometem o local são: erosão, instabilidade de taludes, falta de drenagem, lixos descartados em lugares inapropriados e lançamento de esgoto a céu aberto. Todos eles envolvem questões de segurança e insalubridade.

Para concretizar os subprojetos envolvidos no trabalho GEGEO-TETO é necessário que exista o engajamento dos estudantes, bem como dos moradores de Vila Nova. Algumas fases do trabalho já contaram com o auxílio dos moradores da região e é esse cooperativismo que ajuda o grupo a continuar acreditando na mudança.

Até o momento, o GEGEO participou de um edital para concorrer a um auxílio financeiro para a execução de um projeto mais sólido na comunidade. Além disso, Carla Vieira acrescenta, que uma cartilha sobre educação socioambiental e sobre os riscos relacionados aos deslizamentos de encostas também está sendo produzida para aplicar nas escolas mais próximas à comunidade. O GeoProjetos Sociais enxerga que desde cedo é necessário envolver as crianças na conscientização dos cuidados sobre o meio ambiente que os cercam e quais iniciativas individuais podem ser feitas para melhorá-lo.

“A parceria do GEGEO com o TETO está apenas começando, mas acreditamos ter um longo caminho pela frente. Para os alunos envolvidos, é estimulante poder associar os conceitos passados em aula com a oportunidade de aplicá-los na prática e, ainda, poder contribuir com melhorias geotécnicas e estruturais para as comunidades. Trata-se de uma experiência, acima de tudo humana, extremamente enriquecedora”, conclui Carla Vieira.

Para participar dessas atividades como membro de elaboração de projetos ou patrocinador, entre em contato com o GEGEO pelo e-mail: gegeotecnia@gmail.com

Trabalho de impermeabilização é destaque em projeto

Trabalho de impermeabilização é destaque em projeto

Leia também “Trabalho de Impermeabilização é destaque em projeto” – Edição 87 Revista Fundações

Editora Rudder

redacao@revistafundacoes.com.br