All for Joomla All for Webmasters
Edições
Nutec desenvolve concreto permeável a partir de resíduos da construção civil - Revista Fundações
15292
single,single-post,postid-15292,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,smooth_scroll,,qode-theme-ver-2.2,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive

Nutec desenvolve concreto permeável a partir de resíduos da construção civil

09:30 20 abril in Matérias, Site
Resíduos compõe 100% dos agregados utilizados para obtenção deste material
concreto permeável

Esta nota é da Nutec (Fundação Núcleo de Tecnologia Industrial do Ceará). A reprodução dela neste site faz parte do clipping da editora Rudder.

 

 Com o grande crescimento das cidades a o aumento descoordenado da impermeabilização dos solos urbanos, a quantidade de alagamentos em áreas urbanas vem crescendo ano a ano. É fato que existem inúmeros fatores que contribuem para este problema, mas um dos mais importantes é a permeabilidade dos solos, acompanhado também da ausência ou deficiência de drenagem.

Atualmente o reuso do RCD (Resíduos de Construção e Demolição) vem se consolidando como uma prática importante para a sustentabilidade, seja atenuando o impacto ambiental gerado pelo setor da construção ou reduzindo os custos para a geração de novos produtos.

Partindo do princípio do reuso, o Nutec, através do Laboratório de Engenharia Civil, desenvolveu uma nova mistura de concreto permeável, mais barato e mais sustentável, feito com agregados derivados do RCC, com características de permeabilidade e durabilidade equivalentes ao concreto poroso convencional, que utilizam agregados naturais.

Os agregados empregados seguiram as recomendações da ABNT NBR 15115 e 15116 – Procedimentos para que agregados reciclados de resíduos sólidos da construção civil sejam utilizados na execução de camadas de pavimentação.

Participaram da equipe de desenvolvimento deste produto os estudantes de engenharia: George Wyllyans de Oliveira Gomes (Faculdade Ari de Sá), João Lucas Medeiros (Centro Universitário Estácio), Gilson de Oliveira Galdino (IFCE – Campus Quixadá), sob supervisão do Prof. Dr. Esequiel Mesquita (Nutec) e do Dr. Ari Clecius (Nutec).

Editora Rudder

redacao@revistafundacoes.com.br