All for Joomla All for Webmasters
Muro da raia olímpica da USP será trocado por vitrine de vidro - Revista Fundações
14241
single,single-post,postid-14241,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,smooth_scroll,,qode-theme-ver-2.2,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive

Muro da raia olímpica da USP será trocado por vitrine de vidro

11:46 23 agosto in Matérias, Site
Obra irá começar em setembro

 Por Dafne Mazaia

Estrutura tradicional na Cidade Universitária, na marginal do rio Pinheiros, o muro que segrega a raia olímpica do campus deverá deixar de existir nos próximos meses. Em setembro vão começar as obras que devem substituir a parede de concreto por uma vitrine envidraçada. O projeto é do escritório Jóia Bergamo Arquitetura e Design de Interiores.

Com a proposta de ser a maior vitrine de vidro da cidade, a estrutura será composta por painéis de vidro e alumínio. Conforme a prefeitura de São Paulo, serão três metros de vidro e um metro de concreto, com um total de quatro metros de altura e 2, 2 quilômetros de extensão. O objetivo da obra é fazer com que a estrutura seja uma verdadeira vitrine da universidade. Atualmente, são praticados alguns esportes na raia olímpica, como remo e canoagem.

A obra será financiada por recursos da iniciativa privada, com um custo estimado de 15 milhões de reais. Além do escritório responsável pelo projeto, também vão colaborar as empresas Prevent Senior, Estrutec Engenharia, Falcão Bauer, Tempermax, Guardian, Ci&Lab, Votorantim/CBA, Magna Studio, Farah Service, GCL Brasil, Frances Alves e Shopping D&D. A previsão é que a construção seja finalizada em janeiro de 2018, época do aniversário da cidade de São Paulo.

 

Obra na raia olímpica da USP

Divulgação: escritório Jóia Bergamo Arquitetura e Design de Interiores

Editora Rudder

redacao@revistafundacoes.com.br