All for Joomla All for Webmasters
Edições
Comissão aprova acordo para construção de ponte sobre o Rio Paraguai - Revista Fundações
15193
single,single-post,postid-15193,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,smooth_scroll,,qode-theme-ver-2.2,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive

Comissão aprova acordo para construção de ponte sobre o Rio Paraguai

13:48 23 março in Matérias, Site
O acordo para a obra está orçado em R$ 270 milhões e será custeado em partes iguais pelo Brasil e Paraguai
Ponte rio Paraguai

Esta matéria é do portal Campo Grande News. A reprodução dela neste site faz parte do clipping da editora Rudder. 

Por Adriano Fernandes

A CRE (Comissão de Relações Exteriores) do Senado Federal aprovou, nesta quinta-feira (22), tratado entre o Brasil com o Paraguai para a construção de uma ponte sobre o Rio Paraguai que ligue os municípios de Porto Murtinho e Carmelo Peralta, PY.

O acordo que é de relatoria do senador Pedro Chaves (PRB-MS), é tido como a medida decisiva para a rota bioceânica. A entrega da obras esta prevista para 2021 e esta orçado em R$ 270 milhões que será custeado em partes iguais pelos dois países.

Depois da aprovação na tarde desta quinta-feira (22), a matéria segue agora para apreciação do plenário da Casa de Leis. Segundo Pedro Chaves, além da obra, o Paraguai também se comprometeu em recuperar a malha viária no trecho que integra esse trânsito da rota bioceânica, com pavimentação de 700 quilômetros de rodovias.

Além do potencial econômico a obra é vista com importante aliado para o turismo em Mato Grosso do Sul. Mesma perspectiva para a região Centro-Oeste, como um todo, sendo a ponte permitirá a exportação de matéria-prima agrícola e produtos industrializados pelo Oceano Pacífico, via porto do Chile nas cidades de Iquique e Antofagasta.

“Abreviaremos com essa ponte o caminho para a exportação dos nossos produtos, o que influencia no custo do que se vende ao comércio internacional, e tornará o Mato Grosso do Sul mais competitivo”, pontuou o senador, a respeito da aprovação.

 

Editora Rudder

redacao@revistafundacoes.com.br