All for Joomla All for Webmasters
Edições
Cemaden irá ampliar suas instalações no Parque Tecnológico - Revista Fundações
14707
single,single-post,postid-14707,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,smooth_scroll,,qode-theme-ver-2.2,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive

Cemaden irá ampliar suas instalações no Parque Tecnológico

08:00 24 novembro in Matérias, Site
Cerimônia teve a participação de Osvaldo Moraes, diretor do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden)
pqtecnilogico
Este texto é do site do CEMADEN A reprodução dele neste site faz parte do clipping diário da editora Rudder.

O diretor do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), Osvaldo Moraes participou da cerimônia de inauguração do Centro Empresarial IV do Parque Tecnológico de São José dos Campos (SP), ocorrida na manhã desta terça-feira (dia 14), onde uma parte da área inaugurada será destinada à ampliação das instalações do Cemaden.

O Centro Empresarial IV compreende um espaço de 9.800 m², com capacidade para abrigar até 25 empresas e expectativa de geração de 500 postos de trabalho. Uma área de 1.800 m² desse centro empresarial – situada bem ao lado da sede do Cemaden – unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações– será destinada à ampliação de suas instalações, principalmente, pela transferência da equipe do Cemaden, que ainda  está no município de Cachoeira Paulista (SP).

Atualmente, o Cemaden ocupa uma área de 1.300 m² no Parque Tecnológico. Com o projeto de expansão, essa área passará a ter um total 3.100 m².

“Com essa expansão, além de melhoria nas condições de trabalho dos servidores, permitirá concentrar os esforços de aprimoramento nas atividades de desenvolvimento tecnológico e científicos para a emissão de alertas de riscos de desastres.”, afirma o diretor Osvaldo Moraes. Ele explica que uma das vantagens do Cemaden ter a sede no Parque Tecnológico é o ambiente favorável ao desenvolvimento de ciência, tecnologia e de produtos inovadores, incluindo as empresas de desenvolvimentos tecnológicos, as universidades e o as parcerias entre as instituições nas cooperações técnico-científicas.

Entre a entrega do projeto básico final, previsto para o final deste ano,  e a adequação da nova área, o novo espaço do Cemaden tem a previsão de ser inaugurado em meados de 2018, informa o diretor.

O diretor geral do Parque Tecnológico de São José dos Campos, Marco Antonio Raupp, enfatizou, durante a inauguração do centro empresarial, que o Parque Tecnológico é um instrumento de política pública que alinha os três níveis de governo (municipal, estadual e federal) associado à linha empresarial e às universidades. “É uma ferramenta fundamental para desenvolver tecnologias, conhecimentos científicos e inovações.”, afirma Raupp.

Representando o ministro Gilberto Kassab, o Secretário Executivo Adjunto  do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Alfonso Orlandi Neto, destacou a importância da participação das empresas  para o sucesso dos empreendimentos do município e dos Parques Tecnológicos. “Acreditamos que o caminho para o desenvolvimento do País é a participação da iniciativa privada nos investimentos para a contribuição da Ciência, Tecnologia e Inovação.”, afirma o secretário executivo, lembrando os países que têm alto nível de desenvolvimento econômico e social tem a participação de 70% dos investimentos pelas empresas privadas, enquanto que no Brasil essa participação é de 45%. Sobre o projeto de expansão do Cemaden, o Orlandi Neto afirma : “É de conhecimento que o Cemaden tem a capacidade para aprimorar as atividades desenvolvidas na área de ciência e tecnologia e essa expansão vai potencializar essa capacidade.”

Também dentro da programação do evento, o diretor do Cemaden e o prefeito de São José dos Campos, Felício Ramuth, assinaram o Protocolo de Intenções referente a conjugação de esforços para a doação de uma área no entorno do Parque Tecnológico do município pela Prefeitura Municipal ao Cemaden. Após a elaboração e aprovação de lei municipal, essa área será destinada à construção da sede definitiva do Cemaden.

No evento, também estiveram presentes o Superintendente Regional da Finep em São Paulo, prof. Oswaldo Massambani, representando Marcos Cintra, presidente da Finep;  Elizabeth Correia, coordenadora de Ensino Superior da Secretaria de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo, representando o vice-governador de São Paulo, Márcio França, entre as autoridades federais, estaduais e municipais, representantes empresariais, de instituições de pesquisas e universidades.

Editora Rudder

redacao@revistafundacoes.com.br